Postado 22/12/2015 por André Reu em Noticias
 
 

Operação começa nesta quarta-feira no Litoral e nas costas Oeste e Noroeste



O Governo do Paraná abre nesta quarta-feira (23) a operação Verão Paraná 2015/2016, com reforço nas atividades e nos serviços públicos no Litoral e nas costas Oeste e Noroeste do Estado. Até o fim do carnaval, em 10 de fevereiro, serão reforçadas ações e segurança, saúde, meio ambiente, energia, saneamento e turismo.

“O objetivo é preparar a estrutura destas regiões para melhor atender os moradores e veranistas”, diz o governador Beto Richa. Somente no Litoral, são esperadas mais de 1,5 milhão pessoas nesta temporada. “Com o reforço será possível oferecer assistência ágil e de qualidade à população que estiver nestas cidades, mesmo com o aumento já esperado da demanda”, destaca o governador.

A operação Verão Paraná terá participação das polícias Militar, Civil e Científica e do Corpo de Bombeiros; da Defesa Civil; das secretarias de Estado da Saúde, Segurança Pública e Administração Penitenciária, Cultura, Educação, Justiça, do Meio Ambiente e do Esporte e do Turismo, dos institutos das Águas e Ambiental do Paraná (IAP); da Copel e da Sanepar; e do Detran, Departamento de Estradas e Rodagem (DER), Simepar e Ministério Público.

“As estruturas de todas as secretarias já estão prontas e atuando nos balneários. A ordem do governador Beto Richa é a integração de todas elas com os municípios e a comunidade para a oferta do melhor serviço possível”, diz o coordenador estadual do Verão Paraná 2015/2016 e secretário-chefe da Casa Militar, coronel Adilson Castilho Casitas.

LITORAL – Nesta terça-feira (22), os policiais militares que participarão da temporada no Litoral finalizaram curso para estabelecer um padrão de trabalho na temporada.

Além do policiamento, o Governo do Estado reforçou os serviços básicos em toda a faixa litorânea. O Corpo de Bombeiros terá guarda-vidas em todas as praias e fará a distribuição de pulseirinhas de identificação para as crianças.

A Secretaria de Estado de Meio Ambiente destinará 5,2 milhões para as prefeituras de Paranaguá, Matinhos, Guaratuba, Pontal do Paraná reforçarem os serviços municipais de limpeza, coleta e destinação de lixo durante os 53 dias do Verão Paraná.

O trabalho do Instituto das Águas também já começou com o monitoramento e coleta de águas para verificação da balneabilidade. A Sanepar, por sua vez, oferecerá serviços de abastecimento e de coleta e tratamento de esgoto e fará a instalação de duchas para os banhistas e limpeza das areias nas praias.

A Copel Telecom oferecerá mais uma vez pontos de internet sem fio e gratuita no litoral paranaense. Os aparelhos estão sendo instalados e devem entrar em funcionamento no início de janeiro. São cerca de 100 estações transmissoras de sinal wi-fi o dobro do que foi instalado no verão passado. Haverá pontos de acesso em Guaratuba, Caiobá, Matinhos, Pontal do Paraná (Praia de Leste, Santa Terezinha, Ipanema, Shagri-lá e Pontal do Sul) e Ilha do Mel.

A novidade deste ano serão os pontos de Paranaguá, Antonina e Morretes. O serviço ficará disponível até o carnaval de 2016.

A Secretaria de Estado da Comunicação Social criou o aplicativo Verão Paraná para celulares, com informações sobre condições das estradas, das áreas próprias para banho, dicas de segurança, formas de economia de água. O aplicativo é gratuito estará disponível para download na Apple Store a partir desta quarta-feira (22). As informações também podem ser acessadas no site www.verao.pr.gov.br.

A Defesa Civil também preparou um esquema para atendimento da população em casos de alagamentos e inundações. “Tudo está sendo monitorado pelo sistema de alerta que temos na Defesa Civil. Também colocamos de prontidão a Mineropar e o Instituto das Águas para atender a população”, disse o coordenador.

SAÚDE – Mais de cinco mil plantões extras de médicos e outros profissionais de saúde vão fortalecer a retaguarda de atendimento de urgência e emergência no Litoral durante a temporada. O reforço também envolve o deslocamento de helicóptero, ambulâncias, equipamentos e medicamentos para dar suporte aos

O Estado vai repassar R$ 2,5 milhões diretamente às prefeituras da região para a contratação temporária de profissionais de saúde. O valor permitirá o reforço nas escalas de médicos, enfermeiros e técnicos de enfermagem dos hospitais e unidades de saúde desses municípios.

Outros R$ 350 mil serão utilizados para a compra de materiais necessários para a manutenção das atividades. O governo enviou ainda um lote adicional de medicamentos para abastecer os municípios neste período.

Três ambulâncias extras serão deslocadas pela Secretaria de Estado da Saúde para apoio ao Samu. Os veículos ficarão em Pontal do Paraná, Matinhos e Guaratuba, mas atenderão todos os municípios.

Desta forma, a frota disponível na região contará com 14 viaturas, sendo 11 do Samu e três do Siate. Há ainda o helicóptero de resgate do Governo do Estado, que ficará baseado em Guaratuba durante toda a operação Verão Paraná.

AFOGADOS – Nesta edição, volta a funcionar também o Centro de Recuperação de Afogados, instalado no Hospital Nossa Senhora dos Navegantes, em Matinhos. A unidade é especializada na assistência a acidentes aquáticos, como afogamentos, acidentes com águas-vivas, caravelas e outros animais marinhos.



Comente

comentários