Postado 20/12/2016 por André Reu em Noticias
 
 

Governo inicia Verão Paraná com serviços gratuitos no Litoral



Uma temporada com muitas atrações gratuitas e prestação de serviços públicos preparados pelo Governo do Estado movimentará o Litoral durante o Verão Paraná 2016/2017 a partir desta quinta-feira (22). Os veranistas e moradores contarão com mais segurança, saúde, infraestrutura, cultura e diversão para as festas de fim de ano e Carnaval. As ações envolvem todas as áreas estaduais para trazer mais conforto e tranquilidade aos paranaenses e turistas que estiverem no litoral do estado. Aproximadamente três mil profissionais e dezenas de equipamentos estarão disponíveis para atender a população durante a temporada.

As informações foram repassadas em entrevista coletiva no final da manhã desta terça-feira (20) pelo chefe da Casa Militar e coordenador estadual do Verão Paraná 2016/2017, coronel Adilson Castilho Casitas.

Os custos do Verão Paraná desta temporada, de acordo com o coronel, será em torno de R$ 27,5 milhões, incluindo despesas gerais como pessoal, veículos, equipamentos, locação de pousadas, diárias, entre outros.

Com a adoção da política de austeridade fiscal, o Governo Estadual está aplicando os recursos públicos com responsabilidade, sem prejudicar a qualidade dos serviços.

“Fizemos alguns ajustes orçamentários, mas mantendo aquilo que é necessário para dar o devido atendimento à população que estará em férias”, disse o coronel Casitas. Segundo ele, todas as secretarias que estarão envolvidas no Verão Paraná 2016/2017 estão integradas. O Governo está preparado para acolher não só os paranaenses, mas também os turistas de outros estados e de outros países com toda a segurança necessária.

Uma das novidades para este ano é a locação, por meio da Secretaria de Estado da Segurança Pública, de 50 viaturas para uso da Polícia Militar no Verão Paraná Costa Leste.

SEGURANÇA PÚBLICA – As polícias Militar, Civil e Científica, a Criminalística e Instituto Médico Legal (IML) estarão empenhadas com efetivo permanente e reforçado nos municípios litorâneos para garantir mais segurança, e também fornecer atendimento mais rápido e eficiente ao cidadão.

“No aspecto da segurança pública, estarão todos envolvidos e integrados com sistema de prontidão permanente, nas 24 horas do dia, com número suficiente de veículos para atender o cidadão”, afirmou o coronel. Ele afirmou que a Polícia Civil terá equipes prontas para atender os cidadãos da maneira mais eficiente nas delegacias dos municípios, além da prestação de serviços de identificação e investigação. Haverá reforço de policiais durante todo o Verão Paraná 2016/2017 para elucidar mais rapidamente casos criminais.

Já a Polícia Militar fará policiamento nas ruas, pontos turísticos, praças e outros locais públicos, além da presença ostensiva na orla marítima com policiamento preventivo a pé, com bicicletas, motos e automóveis, além de embarcações e aeronave. O policiamento incluirá blitz educativas para alertar pedestres e condutores sobre a educação no trânsito.

As atividades terão o reforço das unidades especializadas da PM, como o Batalhão de Polícia Militar de Operações Aéreas (BPMOA) com um helicóptero que auxiliará tanto nas atividades preventivas e repressivas de segurança quanto em resgates e remoções aeromédicas de pessoas que estejam com quadro de saúde grave.

O Instituto de Criminalística terá dois postos (Guaratuba e Matinhos), criados especialmente para atender a demanda do Verão Paraná 2016/2017 e reforçar o atendimento à comunidade com médicos, peritos e outros técnicos da área.

Os cidadãos também podem ter acesso aos serviços na base permanente do órgão que fica em Paranaguá (PR).

Nas rodovias estaduais o Batalhão de Polícia Rodoviária estará com efetivo reforçado nos postos para prestar orientações e fazer fiscalização do cumprimento da legislação de trânsito, da documentação obrigatória e das condições dos veículos. Também haverá operações pontuais com radares fotográficos e bafômetros e de Lei Seca.

A Patrulha do Sossego – braço da Ação Integrada de Fiscalização Urbana (AIFU) da Polícia Militar – também estará na operação com equipes para atuar especificamente em ocorrências de perturbação do sossego e da tranquilidade. “Pedimos às pessoas que respeitem o direito do seu vizinho, da pessoa que está o seu lado, na utilização de qualquer tipo de aparelho sonoro porque esse é um ponto em que estaremos intensificando a fiscalização com a Patrulha do Sossego para evitar que as pessoas que querem descansar sejam prejudicadas”, salientou Casitas.

PULSERINHAS – Os policiais e bombeiros militares também farão a distribuição gratuita de pulseirinhas de identificação para as crianças em pontos que estarão disponíveis à comunidade durante todo o dia. Na areia, além do sol e do mar, os pais encontrarão duplas de policiais que distribuirão pulseirinhas para as crianças, nas quais serão colocados o nome da criança e o telefone de um responsável. “Ainda na área do Corpo de Bombeiros teremos também as moto-aquáticas, quadricículos que o Governo do Estado, no início de janeiro, adquiriu para facilitar os deslocamentos e agilizar o atendimento”, explica o coronel.

SAÚDE – O Governo colocará os profissionais da área à disposição dos cidadãos nos postos de saúde dos municípios litorâneos e também nas tendas distribuídas pela orla marítima, oferecendo gratuitamente testes rápidos, aferição de pressão arterial, teste de glicemia e atendimento de primeiros-socorros às vítimas de envenenamento por águas-vivas, entre outros serviços.

Haverá ainda a distribuição de material educativo com dicas para que o banhista possa aproveitar o verão com atenção aos cuidados de saúde. Os serviços auxiliam na identificação de doenças que ainda não apresentaram sintomas aos pacientes. Haverá também ações de combate à dengue e remoção de criadouros.

A Secretaria estadual da Saúde também disponibilizará o serviço de remoção aeromédica com todos os equipamentos para assistência e segurança no transporte de pacientes. As tripulações terão à disposição a UTI Móvel para os casos mais graves. “Teremos uma aeronave devidamente equipada para fazer a remoção dessas pessoas que necessitarem de uma estrutura melhor para dar atendimento a sua saúde e restabelecer rapidamente sua condição física”, apontou Castilho.

RODOVIAS – O Departamento de Estradas de Rodagens do Paraná (DER-PR) desenvolverá ações educativas desde a chegada dos motoristas ao Litoral, repassando informações para evitar acidentes e também despertar a atenção dos condutores quanto à situação de veículos e motoristas. Serão feitas ainda fiscalizações em ônibus e vans nos dias de grande movimento para verificar a documentação, equipamentos obrigatórios de segurança, bem como as condições de circulação do veículo.

A ação visa evitar o transporte clandestino e irregular de pessoas e garantir mais segurança e qualidade no transporte viário aos cidadãos. “O Governo sempre recomenda, dentro da particularidade de cada segmento envolvido, quando a pessoa já tiver saindo de sua casa que faça a revisão correta do seu veículo antes de pegar a estrada e iniciar a viagem, que dirija respeitando a sinalização de trânsito com toda a calma”, reforça o coronel Castilho.

É importante que o motorista, antes de viajar, adote medidas preventivas para evitar transtornos na estrada. Os profissionais do DER verificarão a documentação da empresa (registro), do veículo (registro, seguro), da viagem (licença, lista de passageiros, nota, contrato de prestação de serviço) e do motorista (habilitação, curso e carteira de saúde), bem como equipamentos obrigatórios, como cintos e tacógrafo.

SEGURANÇA NO MAR – A segurança dos veranistas será complementada com o reforço do Corpo de Bombeiros e a presença de centenas de guarda-vidas nos balneários e locais com maior concentração de veranistas para orientar quanto ao banho no mar, cuidados para evitar afogamento e outras situações de perigo à vida. Para tanto, os banhistas poderão se orientar pelas bandeiras de sinalização na areia antes de entrar no mar.

Entre as bandeiras vermelha e amarela, dispostas em pares ao longo da praia, sempre haverá um Posto de Atendimento de guarda-vidas. Esse local é mais seguro e sempre haverá a presença de um profissional. Quando houver a bandeira verde, significa que a água está tranquila para a prática de banho e natação.

Nos locais onde houver a bandeira amarela significa que o banhista deve estar atento para as ondas, pois o mar pode estar mais perigoso. Já a bandeira vermelha aponta que o local não é indicado para veranistas e as pessoas não devem entrar na água.

Quando o cidadão for até um local e se deparar com uma bandeira preta, significa que a área não tem um posto de guarda-vidas. “Os veranistas devem respeitar as orientações dos guarda-vidas, sempre procurando um local que tenha esse profissional para ir à praia tomar seu banho de mar”, afirmou Castilho.

EDUCAÇÃO NO TRÂNSITO – O Departamento de Trânsito do Paraná (Detran) terá uma gama de serviços e atividades para alertar a população sobre a educação no trânsito. Motoristas terão acesso a serviços relacionados à habilitação e veículos, e as crianças, por sua vez, a atividades sobre as consequências que a irresponsabilidade ao volante pode causar.

Nos pontos de atendimento, os usuários poderão ainda esclarecer dúvidas, se cadastrarem no Sistema do Detran Fácil, uma ferramenta na Internet que disponibiliza ao cidadão serviços como segunda via da CNH, permissão internacional para dirigir, extrato de débitos do automóvel e agendamento de cursos de reciclagem, entre outros.

O cidadão também poderá receber informações sobre o pagamento do IPVA e DPVAT, entre outras situações. Para atuar no combate à embriaguez no trânsito, o Detran promove a campanha “Se Liga no Trânsito – Se beber não dirija”, que desde 2012 atua na temporada de verão com atividades lúdicas e descontraídas.

BALNEABILIDADE E MEIO AMBIENTE – Para garantir a segurança e a qualidade da água para o uso da população, o Instituto Ambiental do Paraná (IAP) fará boletins de balneabilidade periodicamente para indicar quais locais apresentam riscos à saúde e os que permitem o contato para atividades de lazer, não para consumo.

Equipes de profissionais gabaritados estarão nas praias paranaenses para analisar as condições da água por meio de testes de qualidade nos locais com maior concentração de pessoas e pontos que podem ser foco de contaminação, como as saídas de galeria de águas pluviais e foz de rios no mar. Durante todo o Verão Paraná 216/2017, o monitoramento será constante a fim de constatar os locais próprios e impróprios para o acesso dos veranistas.

Também foram feitos investimentos na Ilha do Mel para a reconstrução de locais devastados pelas fortes ondas que abateram a ilha. “Fizemos a reestruturação da Ilha do Mel, por meio da Secretaria do Meio Ambiente e do IAP, todas as passarelas danificadas foram recuperadas com toda a segurança necessária aos turistas”, disse Castilho.

CULTURA – A Secretaria estadual da Cultura preparou várias atividades para o Verão Paraná 2016/2017. Por meio de parcerias que foram feitas, o Governo do Estado vai providenciar atividades de entretenimento com espetáculos para todos os gostos e públicos. O trabalho será focado no tema segurança no trânsito e apresentado à população no balneário de Caiobá, em Matinhos.

ENERGIA E SANEAMENTO – A Copel Telecom estará mais uma vez com o serviço de internet grátis na orla marítima com o sinal Wi-Fi disponível para os cidadãos, o qual será distribuído por 100 estações de transmissão em pontos de acesso de localidades de Guaratuba, Caiobá, Matinhos, Pontal do Paraná (Praia de Leste, Santa Terezinha, Ipanema, Shangri-lá e Pontal do Sul), Ilha do Mel, Paranaguá, Antonina e Morretes. O serviço ficará disponível até o carnaval de 2017.

Para melhorar o atendimento à população, a Copel investiu mais de R$ 8 milhões na expansão e modernização da rede elétrica, melhorias que ficarão permanentes para os habitantes litorâneos após o Verão Paraná 2016/2017. Um dos maiores investimentos foi na Ilha do Mel, onde foram aplicados R$ 350 mil na troca de cabos e postes de madeira por estruturas de fibra e estruturas isoladas.

O trabalho é para evitar que aconteça falta de energia ou, se ocorrer, o abastecimento seja restabelecido o mais rápido possível. Por isso os cidadãos poderão contar com a agilidade no atendimento emergencial, que nessa temporada também terá profissionais em motocicletas.

A Companhia de Saneamento do Paraná (Sanepar) fez investimentos na rede de esgoto de todo o Litoral, sendo que 500 km já foram entregues e haverá mais 2,5 mil novas ligações de esgoto para contribuir com a balneabilidade das praias paranaenses.

Serão disponibilizadas ao cidadão as duchas ecológicas, muito elogiadas pela população, as tendas de educação ambiental e de serviço, com entrega de materiais educativos e de orientação sobre a utilização de caixas d’água, a importância da ligação correta de esgoto, pagamento de débitos e outros serviços.

Também haverá três cadeiras anfíbias para portadores de necessidades especiais distribuídas nos municípios de Matinhos, Guaratuba e Pontal do Paraná, além do ônibus itinerante Eco Expresso, que passará pelos balneários levando informações à comunidade sobre o ciclo dos rios, o descarte correto de lixo e o funcionamento das redes de esgoto e água.



Comente

comentários