fbpx

Movimento nas rodovias que cortam a Capital foi intenso ontem e deve piorar hoje

Anúncios

A saída de Curitiba para as festas de fim de ano já começou. Deste o dia seguinte do Natal o movimento nas rodovias que cortam a Capital já era grande e se intensificou ontem. Especialmente as rodovias que levam para o Litoral do Paraná e de Santa Catarina tiveram fluxo gigante, ontem, e deve aumentar ainda mais hoje e amanhã. 
Só no trecho entre Curitiba e o Litoral paranaense, a Ecovia, concessionária da BR-277 até o Litoral, estima que 315 mil veículos vão circular nos dois sentidos da rodovia até a noite do Ano Novo, quase 20% a mais que o mesmo feriado do ano passado.
Segundo o gerente de Atendimento ao Usuário da Ecovia, Marcelo Belão, o movimento vem crescendo principalmente por conta da previsão de uma temporada com temperaturas altas e pela facilidade de acesso ao Litoral do Paraná.  A previsão é que hoje a rodovia tenha o maior movimento, com 37 mil automóveis trafegando rumo às praias. Amanhã, a previsão é de 45 mil veículos. Ontem foram entre 27 mil e 30 mil.
BR-376
No trecho que vai de Curitiba ao litoral catarinense o movimento ontem foi “monstruoso”. A fila de veículos neste sentido começava já em São José dos Pinhais. Ontem, alguns acidentes deixaram a viagem ainda mais demorada. Pela manhã, um ônibus desgovernado provocou um acidente na descida da Serra que envolveu cerca de 13 veículos e deixou o trecho bloqueado pela manhã.

Fluxo no interior deve chegar a 762 mil veículos no feriado de Ano Novo
Com uma operação especial de tráfego em andamento desde o último dia 20, a concessionária CCR RodoNorte prevê um fluxo estimado em 762,8 mil veículos nas três principais rodovias cuidadas pela companhia no Paraná — as BRs 277 (saindo de Curitiba) e 376, além da PR-151. Este número compreende o período entre ontem até o dia 6 de janeiro de 2019 e representa um movimento, em média, 35% maior do que em dias normais.
De acordo com o setor de planejamento de tráfego da CCR RodoNorte, o maior fluxo neste período será registrado mais uma vez na BR-277, principal ligação entre Curitiba e o Interior do Estado, na região de São Luiz do Purunã; ao todo, a projeção de tráfego é de 441 mil veículos na soma dos dois sentidos da rodovia. 
Com o maior fluxo circulando na BR-277, em São Luiz do Purunã, a estimativa da concessionária é que as maiores concentrações de tráfego ocorressem ontem e 1º de janeiro, entre 16 e 21 horas. Também deve haver movimento grande no dia 2 de janeiro durante todo o dia.

A viagem para Santa Catarina chegou a demorar até cinco horas. A Concessionária Autopista Litoral Sul divulgou no começo da semana que o período de maior fluxo de veículos hoje seria das 5 às 21 horas.

Anúncios