Postado 07/09/2016 por André Reu em Destaque
 
 

Feriado: 35 mil devem passar pela BR-277


O feriado prolongado da Independência e de Nossa Senhora da Luz dos Pinhais todo ano movimenta as estradas paranaenses. Curitibanos buscam um pouco de descanso do trabalho na casa dos parentes ou nas praias do litoral de Santa Catarina e do Paraná. Nesta quarta-feira (7), o movimento previsto de turistas que querem ver o mar vai ser ainda maior.

Um bloqueio de manifestantes que reivindicaram uma nova passarela no km 74 da BR-277, em São José dos Pinhais, na noite de terça (6), acabou desencorajando e atrasando a viagem de muitos. De acordo com a Ecovia, essa interdição fez com que aumentasse de 25 mil a 35 mil o número de veículos esperados quarta.

Ainda segundo a concessionária, que administra parte da BR-277, o pico de trafego na rodovia será das 7h às 13h. Entre 10h e 11h é previsto um movimento de 2.300 veículos por hora – quase o quíntuplo do normal. Às 13h, o tráfego deve estar com o dobro de veículos de um dia normal: mil por hora.

 Na BR-376, a concessionária Autopista Litoral Sul informa que são aguardados 47 mil veículos nos sentidos Paraná e Santa Catarina. Haverá fluxo intenso das 7h às 18h. O movimento previsto é 78% superior do que outro dia útil.

Em uma das saídas da capital para o interior do Paraná, a CCR Rodonorte espera um movimento de 40 mil carros a mais passando pela BR-277, nos dois sentidos, na comparação com uma quarta-feira regular. O fluxo mais intenso deve ocorrer das 7 horas ao meio-dia.

A Autopista Régis Bittencourt prevê um pico entre 8h e meio-dia na BR-116, no trecho entre Curitiba e São Paulo, com uma movimentação de cerca de 16 mil veículos.



Comente

comentários