Postado 20/01/2017 por André Reu em Cultura
 
 

Diversão com pouca grana? Bora descer o rio de bóia!



Descer o Rio Nhundiaquara de boia é um dos atrativos de lazer para quem visita a cidade histórica de Morretes. O passeio, nas pequenas corredeiras e em meio às pedras, pode ser feito por crianças acima de 12 anos e mais de 1 metro e meio de altura ou adultos, e é garantia de diversão e contato direto com a natureza. O percurso de três quilômetros costuma durar duas horas e meia.

A melhor época para descer o rio é quando ele está cheio, de outubro a maio. Como o local é perto de Curitiba, uma dica é ligar para as pousadas que alugam os equipamentos ou oferecem o passeio para saber a situação do rio. O ideal é que a descida seja das 9h às 14h. Depois das 16h, no verão, costuma chover no litoral e a brincadeira pode ficar arriscada. Nos dias em que o rio está muito alto ou há nuvens negras e pesadas na região da Serra do Mar, a descida não é permitida, porque podem ocorrer as chamadas cabeças d’água (aumento súbito do volume da água do rio, e pode carregar os praticantes).

Para fazer o boia cross é indicado estar de tênis para não machucar os pés nas pedras. Manga comprida também ajuda a proteger os braços. O uso dos equipamentos de segurança: capacete e colete salva-vidas são obrigatórios. A saída é no Porto de Cima, a 7 km do centro da cidade – é possível chegar lá de bike ou de ônibus.

Pousadas que oferecem o serviço:

Na Pousada Itupava o aluguel custa R$ 25 por pessoa. No preço, também estão incluídos estacionamento, transporte até o local da descida, fornecimento capacete e colete salva-vidas. No final do passeio, os clientes ainda têm direito a banho quente.

Pousada Itupava: (41) 3462-1925 ou www.itupava.com.br.

A Pousada do Oasis também oferece o serviço de aluguel a R$ 25 por pessoa. Estão inclusos transporte e os equipamentos de segurança.

Pousada do Oasis: (41) 3462-1888 ou www.pousadadooasis.com.br.

Já a Calango Expedições oferece um serviço diferenciado, com guia turístico durante a descida. O valor é de R$ 80, por pessoa com direito a transporte e seguro atividade.

Calango Expedições:  (41) 3462-2600 ou www.calangoexpedicoes.com.br.

Fonte: Viver Bem – Gazeta do Povo



Comente

comentários