fbpx

A Secretaria de Estado da Saúde destituiu nesta sexta-feira (9) toda diretoria do Hospital Regional do Litoral (HRL), localizado em Paranaguá. A medida foi adotada por ter havido quebra de confiança da gestão estadual com a equipe de dirigentes da unidade hospitalar em função de fortes indícios de irregularidades quanto à escala de plantões no hospital.

O secretário estadual da Saúde, Michele Caputo Neto, nomeou uma nova diretoria, composta por servidores estaduais de Curitiba, e uma Comissão de Sindicância que irá aprofundar a análise das irregularidades encontradas, levantar indícios e monitorar todos os contratos do HRL.

A comissão terá 30 dias para finalizar todos os levantamentos necessários referentes aos contratos e serviços prestados suspeitos, inclusive quanto a eventuais pagamentos já realizados.

O trabalho da comissão será amplamente divulgado, tanto internamente, nas unidades do HRL, quanto aos demais poderes constituídos, como Ministério Público, órgãos de controle do Governo do Estado. Serão ouvidos profissionais que atuam no hospital, assim como prestadores de serviços, garantindo direito à defesa e ao contraditório

A decisão da Secretaria de Estado da Saúde foi tomada a partir de relatório de inconsistências na execução de serviços médicos constatados pela FUNEAS, fundação da Sesa responsável pela gestão do hospital desde setembro deste ano.

A nova diretoria assume imediatamente e não haverá interrupção de atendimento à população. “Temos a certeza de que a maioria dos profissionais que atuam no Hospital Regional do Litoral cumpre com suas responsabilidades e atende adequadamente a população. A nova diretoria e a comissão vão garantir a manutenção do trabalho sério desenvolvido na unidade”, ressaltou o secretário Michele Caputo Neto.