Postado 26/12/2015 por André Reu em Destaque
 
 

Dicas para usar bem o Protetor solar


Que protetor solar é item importantíssimo para a saúde da pele, todo mundo já sabe, né? E não só nos dias de sol ou praia – o protetor não previne só as queimaduras, mas também o envelhecimento precoce, então não dá pra esquecer. E o mais legal é que nos últimos tempos várias marcas lançaram versões com cor de seus protetores solares e hoje em dia é fácil de encontrá-las na maioria das farmácias. É só dar uma olhadinha na prateleira dos dermocosméticos – por lá você vai achar opções da L”oréal, La Roche Posay, Vichy, Episol, Ada Tina e vários outros, com preços a partir de R$ 30.

Esses protetores com cor além de proteger dos danos solares, ainda uniformizam o tom da pele e alguns até oferecem outros benefícios, como clareamento de manchas (como o Clarify, da linha Capital Soleil, da Vichy) ou controle de oleosidade (como os da linha Airlicium, da La Roche Posay). E o que isso significa? Significa que hoje temos opções práticas que vão poupar seu tempo e ainda cuidar da sua pele. Eles são bem diferentes dos protetores corporais, que em geral deixam o rosto oleoso ou demoram muito para ser absorvidos.

No verão, quando temos mais sol, você pode substituir o protetor solar e a base por um produto só – a maioria deles tem cobertura média, o que é suficiente para o dia a dia. Além disso, eles ainda tem uma vantagem a mais: se você é louca por maquiagem e tem dificuldades de desapegar mesmo se estiver na praia, os protetores com cor são ótima pedida, já que você uniformiza o tom do seu rosto sem parecer que você se maquiou para isso.

Mas, independente de qual seja sua escolha de protetor solar, é bom ter uma coisa em mente: não adianta passar uma gotinha de nada e espalhar no rosto todo, pois aí ele não te protege. Você precisa sentir que aplicou algo na pele para estar segura e poder se divertir sob o sol!

Do blog Coisa de Diva do Parana Online



Comente

comentários