fbpx

Na manhã deste sábado (31), surfistas agradeceram o ano de 2016 e desejaram boas vibrações para o novo ano, com direito até a roda havaiana em Matinhos. Apesar do tempo ora chuvoso, ora nublado, as praias do Litoral paranaense estão lotadas. Ainda na tarde de sexta-feira (30), a Avenida Atlântica, à beira-mar, chegou a ter engarrafamento por volta das 16 horas.

 

A taxa de ocupação de hóspedes na cidade, em especial em Caiobá, também se aproxima da lotação máxima. As imobiliárias que trabalham com locação diária estão praticamente com as vagas esgotadas.

Segundo o Simepar, no último dia do ano de 2016 o tempo não muda no Paraná, ou seja, a instabilidade atmosférica segue elevada sobre todo o estado e mantém as condições favoráveis para pancadas de chuvas isoladas ao longo do dia.

No período da tarde, por causa das temperaturas elevadas, as chuvas são acompanhadas de descargas elétricas e rajadas de ventos de moderados a fortes em algumas localidades; isto é, teremos novamente risco de temporais localizados na maioria das regiões paranaenses.

Estradas

E mais gente deve chegar tanto às praias do Paraná quanto de Santa Catarina. Oúltimo dia deste ano deve registrar muito movimento nas estradas que levam os paranaenses aos litorais do Paraná e de Santa Catarina. As concessionárias que administram as estradas preveem que quase 80 mil veículos sigam em direção as praias para passar o Réveillon pela BR-277 (sentido Litoral do Paraná) e BR-376/BR-101 (sentido praias catarinenses).

Só para o Litoral paranaense, de acordo com a Ecovia, cerca de 20 mil veículos passarão pela BR-277 no sentido Litoral neste sábado (31). O fluxo é considerado alto. A média do movimento deve se manter na faixa dos 1,4 mil veículos por hora, principalmente na parte da manhã. O movimento considerado normal é de 500 veículos por hora. Após o horário do almoço, de acordo com a concessionária, o fluxo diminuirá.