Na semana passada, a escritora parnanguara Cecília Ferreira Leal lançou sua sexta obra literária, “As Crônicas de Sensei Aníbal”, na Casa Monsenhor Celso, em Paranaguá. A jovem, de 18 anos, já tem publicada sua saga juvenil de quatro livros, intitulada “Os Gêmeos Férreo”, o livro “Aos Olhos de Um Tigre” e, agora, esta última.

A autora, promessa cultural da cidade, treina Karatê-Do Goju-Ryu com o Sensei Aníbal de Jesus Severo desde os cinco anos de idade, quando começou ainda no Colégio Nossa Senhora do Rosário. Desde então, o amor pelas artes marciais fez com que o esporte se tornasse parte de sua vida até hoje.

A aproximação com o Mestre Aníbal fez com que suas histórias de vida fossem fonte de inspiração para a jovem, que passou a reproduzir alguns dos relatos para outras pessoas que necessitavam de ajuda. “Por meio disto, cheguei a ideia de escrever sobre a vida do Sensei. Então gravei os contos que ele me contava e tive a ajuda de sua família para lembrar de outros”, conta.     

Ela afirma que, dentro de um ano, escreveu mais de 200 contos e, estes, compuseram a obra “As Crônicas de Sensei Aníbal”, que não se trata apenas de uma história, mas de um conjunto de ensinamentos, momentos bons e ruins de uma vida inteira.

O livro nunca foi uma biografia, ou, ao menos, não era esse o plano. A ideia era registrar as histórias que ele contava e, cada capítulo seria um conto, com um título sugestivo, colocados em ordem cronológica, deixando claro, assim, o título da obra”, explica Cecília.

 

A narrativa usada pela escritora tem o intuito de falar diretamente com o leitor, sendo possível existir a sensação de estar tendo uma conversa, como se os contos estivessem sendo passados oralmente, de uma pessoa para a outra. “Além disto, objetivei que se compreendesse que os relatos contam a história de uma vida esplêndida e maravilhosa de uma pessoa normal, como qualquer outra. Pois, no mais simples, se guarda a mais surpreendente beleza”, declara.

Sobre a autora

Cecília Ferreira Leal nasceu em Paranaguá, no Paraná, em 1999. Aos cinco anos começou a treinar Karatê e, desde então, descobriu sua paixão pelas artes marciais, que mantém até hoje, sendo faixa preta. Atualmente é estudante de Direito, pela FAE Centro Universitário, e de História, Memória e Imagem, pela Universidade Federal do Paraná.

Aos 11 anos começou a escrever e, seu livro “Aos Olhos de Um Tigre”, obra escrita para seu mestre de Karatê, foi publicada e divulgada em âmbito internacional. Com poemas inscritos em antologias nacionais e em Portugal, ela também já foi considerada, por quatro vezes consecutivas, uma dos 250 melhores poetas brasileiros, pela Vivara Editora Nacional.

Além de escritora, a jovem é cantora, instrumentista e compositora de mais de 75 músicas, além de ser modelo da Cla Ribeiro Agency.