fbpx

Um trabalho intensivo de prevenção de acidentes será realizado com a proibição da circulação de garrafas de vidro na Avenida 29 de Abril (Decreto 2.2613/2019).

O aumento no número de feridos por cacos de vidros justifica a proibição em vias públicas. Serão realizadas revistas nos acessos à Avenida 29 e haverá fiscalização da Secretaria Municipal da Segurança Pública e Polícia Militar durante o Carnaval.

 O consumo de bebidas em garrafas de vidro está liberado apenas dentro de restaurantes, lanchonetes e bares.

 A proibição pretende diminuir os casos de pessoas socorridas no Pronto Atendimento atingidas por estilhaços e cacos de vidros. A venda de bebidas na avenida será realizada por ambulantes cadastrados pela Prefeitura.