Postado 22/12/2015 por André Reu em Noticias
 
 

Campanha do Detran em ferryboat viraliza na internet. Assista



No Brasil, aproximadamente 290 mil pessoas dirigem alcoolizadas todos os dias e no verão, período de férias e festas, esses números aumentam ainda mais. Por isso, o Departamento de Trânsito do Paraná preparou uma ação educativa que chamou a atenção dos usuários do ferryboat que faz a travessia Caiobá/Guaratuba.

A campanha divulgada no www.facebok/GovernoParaná alcançou quase 4 milhões de pessoas, mais de 700 mil visualizações, e quase 23 mil compartilhamentos, em apenas 3 três dias. Criada pela OpusMutipla o vídeo viral tem como objetivo alertar dos perigos combinação, álcool e direção. “O verão é uma data que as pessoas relaxam, vão a praia, pegam estrada com a família. E aí, longe da preocupação com o dia a dia, esquecem que beber e dirigir não combinam em lugar nenhum e que acidentes acontecem e podem estragar o verão de todos”, conta o diretor-geral do Detran, Marcos Traad.

Neste verão, se beber, não dirija!

Posted by Governo do Estado do Paraná on Sexta, 18 de dezembro de 2015

AÇÃO

Substituindo o áudio das instruções de segurança, que é passado durante a travessia, um capitão embriagado passa as orientações aos passageiros do Ferry. A voz lenta e as frases confusas geram estranhamento, insegurança e revolta. Então, revela-se a campanha, com faixas e entrega de material educativo.  “Achei muito estranho. Pensei, tem alguma coisa errada. Depois veio o alivio de saber que era a ação do Detran”, diz uma das motoristas no vídeo. “Foi legal porque quando veio a mensagem educativa já estava todo mundo prestando atenção”, conta outro.

A ideia é simples, se você não confia em um capitão de balsa bêbado para levar sua família nas férias, porque confiaria em um motorista bêbado?”, explica o coordenador de educação para o trânsito do Detran, Juan Ramon Sotto Franco.

 

LEI SECA

Desde sua criação, há sete anos, a Lei 11.705/2008 tornou mais abrangente a fiscalização do uso de álcool ao volante. Ainda assim, é grande o número de motoristas que são flagrados dirigindo sob influência de bebidas alcoólicas e outras drogas. Só em 2014, a Polícia Rodoviária Federal (PRF) realizou mais de 1,5 milhões de testes do “bafômetro” – o que representa uma média de 174 testes por hora, sendo que para cada 51 exames existe uma autuação. Com a reedição da Lei Seca, com penas mais duras, o índice das ocorrências de acidentes de trânsito envolvendo alcoolemia vem diminuindo. Segundo a PRF, nos últimos sete anos tivemos uma queda de 28% nas ocorrências em todo o Brasil.



Comente

comentários