Postado 11/12/2015 por André Reu em Noticias
 
 

Acidente na BR-277, em Morretes, deixa uma pessoa morta e quatro feridas


Um grave acidente na rodovia BR-277, em Morretes, deixou uma pessoa morta e quatro feridas na manhã desta sexta-feira (11). No total, três caminhões e dois automóveis se envolveram no desastre, ocorrido na altura do km 42, na via sentido Litoral. Por causa da ocorrência, a pista está completamente bloqueada, sem previsão de liberação.

Segundo a Polícia Rodoviária Federal (PRF), por volta das 11h15, uma carreta carregada com contêineres tombou no canteiro central da rodovia. Um caminhão e dois carros que vinham atrás conseguiram frear, mas outra carreta não parou e passou por cima dos dois automóveis.

Um homem ainda não identificado, que conduzia uma Renault Duster, morreu na hora. O veículo que ele conduzia ficou completamente destruído, sob o caminhão. Uma família – um casal e dois filhos – viajavam no segundo carro, um Gol. Todos ficaram feridos. Os socorristas tiveram que retirar o teto do carro para resgatar as vítimas. O helicóptero da PRF foi acionado para ajudar no atendimento e, para que a aeronave pousasse, a pista sentido Curitiba teve que ser temporariamente interditada.

A mulher, que viajava no banco do passageiro, foi encaminhada com o helicóptero da PRF ao Hospital Angelina Caron. O homem que dirigia o carro teve um dos braços fraturados. As duas crianças que viajavam no banco traseiro – uma menina de seis anos e um menino de 12 – também ficaram feridos, mas sem gravidade. Eles foram levados ao Hospital de Paranaguá.

A principal hipótese é de que o caminhão que prensou os carros tenha perdido os freios. Segundo a PRF, não havia sinais de que o caminhoneiro pudesse estar embriagado. Ainda assim, ele foi encaminhado à delegacia de Morretes, que vai investigar o caso.

Às 14 horas, o congestionamento a partir do ponto do acidente passava de sete quilômetros.

UPDATE:

1/12/2015 – 17:11:29
LIBERAÇÃO TOTAL! Tráfego está liberado na BR-277 após acidente no km 40. Tráfego lento até o km 50.



Comente

comentários